Skip to content

A voz da sabedoria: O Cavaleiro das Trevas Ressurge [Pela última vez e com SPOILERS]

09/08/2012
Christopher Nolan Batman Quadrinhos

Perfeito.

Não posso dizer que passei exatamente por todos os estágios descritos por essa tirinha de Brent Baley, mas ela resume muito bem a experiência de ver filmes do Nolan, em especial qualquer um pós-O Cavaleiro das Trevas – CDT. Pessoalmente, posso dizer que saí um tanto decepcionado do filme na primeira vez em que eu o vi. Fiquei pensando nos dias que se seguiram e, já na segunda vez, minha opinião mudou consideravelmente.

Talvez o maior dificultador enfrentado ao assitir o filme seja toda a expectativa criada em torno de O Cavaleiro das Trevas RessurgeCDTR depois da obra-prima que é CDT. Uma comparação que se torna mais complexa porque envolve o Coringa, um dos melhores vilões, senão o melhor, dos quadrinhos. E sua ambiguidade entre a amoralidade e a maldade, a relação simbiótica com o Batman, pontos que foram representados com perfeição por Heath Ledger em CDT. O Bane de Tom Hardy não consegue chegar perto, é um personagem cujas ações ecoam mais do que a atuação em si. E, realmente, perde importância rapidamente ao fim do filme, é reduzido de uma forma infeliz, seja por se esconder na sombra de Talia, seja pela morte rápida e brusca.

Quando se tem consciência disso, somos capazes de diminuir o peso colocado em Bane, o que aconteceu comigo na primeira vez em que vi o filme. E isso faz tudo funcionar melhor.

Não vou entrar em detalhes, acho que o André já falou muito bem sobre a trilogia como um todo, e o Eduardo sobre questões específicas do filme. Não concordo inteiramente com nenhum dos dois, mas também não há discordância absoluta.

No geral, é patente que o filme é corrido em alguns momentos e talvez sua divisão em duas partes realmente pudesse resolver isso. Especificamente, senti falta de ver mais do dilema de Bruce em vestir a capa novamente. Acho também que mais um pouco mais de tempo de tela da Mulher-Gato ajudaria a tornar mais crível sua transformação em boa-moça, mas fui capaz de abstrair disso sem problemas na segunda vez em que vi. Ou fui enfeitiçado pela Srta. Kyle?

Isso é algo que me parece bem claro: o filme funciona bem melhor em uma segunda vista. Existem uma série de pequenos problemas que vão se acumulando e aí é aquela história: quando você está incomodado, qualquer cena mais simbólica, qualquer coisa que exija um pouco mais de vontade ou aceitação, vai por água abaixo.

Não sou um leitor extenso de Batman, mas li e reli The Dark Knight Returns a ponto de se tornar uma das minhas graphic novels prediletas. E vejo incontáveis citações no filme à mesma, pouco me importando se são conscientes ou mesmo citações de fato. Assim, ver os policiais partindo para briga e pensar nos Filhos de Batman, ou as brigas com Bane e lembrar das brigas com o líder mutante me deixou um bocado feliz. Ainda gostaria de ver a icônica cena da graphic na telona, mas paciência.

O que ainda não me convenceu mesmo foi o diálogo na cena em que a Mulher-Gato pega a moto. Aquela coisa de vamos fugir, etc, etc… não rolou. Tampouco o início da cena do esgoto, o Batman já chega enfiando a mão no Bane, sem nem saber quem é ou o que quer direito. Mas não vou ser chato e derrubar o filme por causa de uma ou duas cenas.

É um bom filme, uma ótima trilogia, a melhor encarnação do Batman no cinema. Ainda vou acabar vendo uma terceira vez para checar se o IMAX vale a pena. Quem só viu uma vez, recomendo rever.

Eu dou 8,79234 tentativas de sair do poço para o filme. E assim o 88 Milhas por Hora para de encher o saco de vocês com resenhas do Batman.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: