Skip to content

Lambda Lambda Lambda: Kal-El, Jim Kirk e Ethan Hunt de collant

12/12/2012

A nova jornada do último filho

Como esperado, o trailer não acrescenta lá muita coisa ao que já sabíamos. Acho que qualquer dúvida que Henry Cavill tinha condições de interpretar o Super-Homem foi por água abaixo, mas também não é um personagem lá tão difícil assim de se interpretar. Mas aí reside o meu maior problema com a coisa: por hora, tudo me parece terrivelmente pretensioso. A tortura emocional, o medo e todo o papo de “o mundo não está preparado para você” não está me deixando muito confortável. Fica cada vez mais claro que Snyder está tentando fazer pelo Super o que Nolan fez pelo Batman, mas acho que a própria conclusão da saga do Nolan me deixou com pé atrás sobre o quão bem isso pode funcionar. De resto, não dá para avaliar muita coisa, além, é claro, daquele que é possivelmente o pior conselho que um pai já deu para um filho com super-poderes na história dos piores conselhos.

O bonde da Enterprise retorna

Meh. Veja bem, eu gostei do primeiro filme, talvez justamente por ele ser tão diferente do material original. Contudo, recentemente tenho tentado entrar em contato mais direto com space operas (valeu, Ivan!), e todas essas explosões e discursos maquiavélicos e BRAAAAAAAAAMS no fundo fazem esse filme parecer um remake de Prometheus. É um pouco irritante até.

Dizem que Benedict Cumberbatch, o vilãozão do filme, é um ótimo ator, e que ele pode ser Khan, ou algum Klingon.  Mas mesmo tendo gostado bastante do primeiro filme, não estou nem ligeiramente curioso. O pessoal do The Mary Sue diz que o nome dele é John Harrison, mas eles, como muitos, estão confiantes que será Khan. Eu sinceramente não me importo, mas concordo que talvez que seja um ponto fora da curva nesse assunto.

E por falar em remake de Prometheus…

… mais um trailer genéricos cheeeeeio de BRAAAAAAAAAAAAMS. Eu não sei se minha ranzinice natural tem me impedido de apreciar coisas “novas”, ou se eu simplesmente não tenho mais paciência para nada que envolva o Tom Cruise, mas… que roubada. Distopia, alienígenas carniceiros, desolação e Tom Cruise sempre com pressa para chegar do ponto A ao ponto B e para terminar suas falas, pelo menos desde Minority Report. Tem uma coisa meio Eu Sou A Lenda meets Wall-E (como bem posto por um comentarista do Omelete) que fede a reciclamento de idéias. Mas êi: que sei eu, né? Cruise é que tá ganhando milhões com isso…

Via Topless Robot, Topless Robot e Nerd Bastards.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: